GuimaraMus 2016 - Simpósio Musical de Guimarães
14 a 16 de Outubro 2016

 

Nota de apresentação 

 

CartazGuimaraMus2016

 O Simpósio Musical de Guimarães 2016 é uma iniciativa da Sociedade Musical de Guimarães (SMG), através do seu Centro de Estudos e de Investigação Musical (CEIM), que conta com o apoio de musicólogos de várias universidades e instituições de ensino superior portuguesas e brasileiras. Visa a investigação em musicologia e em educação, bem como o apoio à formação de nível superior de professores de música, investigadores e outros interessados neste domínio específico da cultura musical.


Dado que o Simpósio, embora aberto a todos os interessados na investigação musical, se destina preferencialmente a musicólogos e a professores dos ensinos básico e secundário ligados à Educação Musical, este evento assume-se como um espaço de formação contínua para estes profissionais. Daí o facto de a Sociedade Musical de Guimarães (SMG) estabelecer protocolo com o Centro de Formação Francisco de Holanda no sentido de conceder acreditação aos conteúdos deste Simpósio, contribuindo para o desenvolvimento profissional dos professores de educação musical das suas escolas associadas e de outras.


Os temas a desenvolver abrangem diferentes áreas do saber musical, nomeadamente: Estudos Musicológicos; Estudos Etnomusicológicos; Políticas Educativas e Pedagogia Musical; Estudos de Performance; Som e Música Digitais, Património Etnomusical Local (O toque dos sinos - património sineiro), a Música e as Artes (Iconografia Musical de Guimarães; História da Música em Selos)
Neste Simpósio, os participantes terão ainda a oportunidade de efetuar um roteiro cultural ao património de iconografia musical disperso por varias instituições de Guimarães, privilegiando o contacto com os museus e instituições detentoras de acervos específicos de âmbito musical. Será responsável pela qualidade científica deste simpósio o CEIM - Centro de Estudos e de Investigação Musical, da SMG, organismo tutelado por um Conselho Científico composto por musicólogos e investigadores doutorados, oriundos de várias universitárias portuguesas.


São dois dias e meio de trabalho relativamente denso que, além da investigação teórico-musical em si, proporcionará também momentos de pesquisa mais prática, que ajudará a explorar no terreno alguns dos temas evidenciados nas comunicações. AC

 

Donwload do Cartaz

Donwload do Folheto